Nutrição e saúde dos cabelos


Cabelo bonito e saudável é desejo da maioria das pessoas, e não se pode esquecer que a queda de cabelo é muito comum entre homens e mulheres. Existem vários fatores que influenciam na queda do cabelo: estresse sistêmico, alterações endócrinas, restrições alimentares (dietas da moda), estresse emocional, alterações em exames (ácido fólico, ferritina, hemoglobina, entre outros). A alimentação influencia diretamente na saúde dos nossos cabelos, pois a ingestão de alimentos pobres em nutrientes adiantará a fase de queda e retardará o crescimento dos fios.

A principal estrutura do pelo é a queratina (90%), por isso, o consumo de proteína deverá ser adequado. Alguns nutrientes importantes para saúde dos cabelos são:

- Aminoácidos como cisteína, lisina, cistina, taurina, cuja fonte são: carnes, ovos, nozes, alguns peixes, etc.

- Colágeno hidrolisado associado a aminoácidos também demonstram benefícios para os cabelos.

- Enxofre: melhora brilho, auxilia no crescimento e no diâmetro do cabelo, tem como fonte: brócolis, couve flor, repolho, agrião, etc.

- Cobre, zinco, selênio dão mais espessura, brilho aos fios e são encontrados no gergelim, na linhaça, nas castanhas, entre outros.

- A Vitamina D é interessante para combater a queda de cabelos, fontes: salmão, sardinha, ovos e se expor ao sol diariamente;

- Ferro é importantíssimo, presente no feijão, carnes vermelhas. Geralmente pessoas com anemia apresentam queda de cabelo.

- Betacaroteno, precursor de vitamina A que vai influenciar no crescimento dos fios, são fontes: damasco, cenoura, abobora, batata doce, etc.

- Biotina: gema, nozes, levedo de cerveja, sementes de girassol.

- Vitaminas do complexo B, são necessárias para o crescimento capilar, fontes: carnes, cereais integrais, legumes, grãos, oleaginosas;

- Silício, promove brilho e hidratação, fontes: aveia, banana, morango, pepino, nabo, cebola, alho...

Uma dieta anti-inflamatória também deve ser considerada, já que a inflamação pode aumentar a queda de cabelo e a demanda de nutrientes. Essas deficiências aceleram o processo de envelhecimento dos fios, reduzem a pigmentação e colaboram para o enfraquecimento dos fios. São excelentes anti-inflamatórios o gengibre, a cúrcuma (açafrão-da-terra) e pimenta, também ajudam no combate à inflamação o chá verde, os flavonoides, os ácidos graxos, etc.

Atenção! Cuidar da saúde intestinal é importantíssimo. Não adianta consumir esses alimentos se o intestino não consegue absorvê-los corretamente. Os prebióticos e os probióticos podem auxiliar.

A alimentação tem sim influência direta sobre a saúde dos nossos cabelos, mas lembre-se: não existe somente um alimento milagroso e sim uma junção de bons hábitos.

Consulte um nutricionista para adequar sua alimentação e se necessário montar formulações para fortalecimento, estímulo e crescimento capilar.

Nutricionista Alenyze Alchini

Nutrição em equilíbrio

Atendimento:

Divina Estética- Rua Henrique Marquardt, Czerniewicz, Jaraguá do Sul-SC- (47)3371-5822/9918-9355

La Fiori Estética- Rua Vicente Francisco Safanelli, Nova esperança, Guaramirim-SC-(47)3373-4042/8458-6254

#nutrição #nutrientes #nutrido #nutricionista

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.